Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios

Software para implantação de rede que vai facilitar abertura de empresas será gratuito

Postada em 21 out 2014

O Governo do Paraná avança na implantação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim), que vai reduzir a burocracia para os empresários no Estado. Em uma parceria firmada entre o Governo, a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e o Sebrae-PR, a AMP cedeu gratuitamente o software, que vai agilizar os processos de abertura, alteração e fechamento de empresas no Estado.

O documento referente à parceria foi assinado nesta segunda-feira (20), durante a reunião do Conselho Deliberativo do Sebrae. O software da RedeSim vai integrar as ações de órgãos municipais, estaduais e federais e facilitar a vida dos empresários. 

"Esse sistema vai integrar as bases de dados de diversos órgãos e será gerenciado pela Junta Comercial do Paraná (Jucepar), com o apoio técnico do Sebrae", explica o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio.

Na semana passada, Horácio liderou uma comitiva de técnicos do Estado e do Sebrae-PR, que esteve em Alagoas e Pernambuco para conhecer mais detalhes do software. "Há casos de redução de até 90 % no tempo de abertura de empresas", acrescenta. 

Segundo o presidente da Junta Comercial do Paraná, Ardisson Akel, a Jucepar será a porta única de entrada de documentos para o registro empresarial no Estado. “Essa medida proporcionará uma série de benefícios, começando pela maior celeridade no cumprimento dos processos e resultando na redução de gastos pelo empresário”, comenta. 

MODERNIZAÇÃO - O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-PR, João Paulo Koslovski, reforça a necessidade de desburocratizar os processos para aumentar a competitividade da economia do Estado. "A comunidade empresarial do Paraná precisa de respostas mais rápidas".

Já o presidente da AMP e prefeito de Nova Olímpia, Luiz Sorvos, afirma que a parceria busca o desenvolvimento dos municípios com o incentivo à abertura de novos negócios e a formalização de empreendedores. "É uma manifestação concreta da AMP em prol da modernização dos municípios e do Estado".

FUNCIONAMENTO - A RedeSim funcionará por meio de um portal que vai integrar ações e informações de órgãos municipais, estaduais e federais. Entre eles a Vigilância Sanitária, Receita Estadual e Federal, Corpo de Bombeiros e o Instituto Ambiental do Paraná. 

O portal ficará sob a responsabilidade da Jucepar, que depois da análise da documentação fará a emissão do CNPJ, inscrição estadual e do alvará de funcionamento.

A previsão é de que a RedeSim esteja em funcionamento em 40 municípios ainda em 2014. Em 2015 serão mais 210 municípios e os outros 149 em 2016. A implantação da rede consta na Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas do Paraná, sancionada no fim do ano passado.

Fonte: AEN

Fotografia: Divulgação 

CONFIRA A REPORTAGEM EM ÁUDIO

Comentar


Publicidade